Boa hidratação no inverno é fundamental


Cerca de 50% do nosso corpo é constituído de água e durante o inverno, muitas vezes até os adultos se esquecem de se hidratar

A água régua a temperatura do corpo e ajuda no controle do metabolismo, transportando os nutrientes e expelindo os resíduos pelo suor e urina para manter o equilíbrio corporal. Outras funções importantes como funcionamento do intestino e rins também são destaque.

As crianças que ainda são amamentadas têm necessidades hídricas mais altas devido a incapacidade de comunicar sua sede com rins ainda imaturos. Até os 6 meses, a amamentação é suficiente para hidratação. A partir daí água e sucos devem ser ingeridos.

Ofereça líquidos com frequência e deixe o filtro de água em fácil acesso. Comprar recipientes coloridos ou com personagens que a criança goste também pode ajudar a estimular o consumo de líquidos.

Bebidas saudáveis para crianças – o que pode ou não?

As bebidas são complementos fundamentais na alimentação infantil. No entanto, é importante ler sempre os rótulos das embalagens e verificar a composição de cada uma delas.

Muitas vezes alguns produtos se vendem como saudáveis por conter soja, por exemplo, mas acabam apresentando muito mais açúcar em sua composição.

Confira algumas bebidas e o que você deve saber sobre elas:

Água: Sempre a melhor opção. Tanto nos dias quentes quanto nos dias frios, os pais vem oferecer sempre líquido para os filhos, de preferência a cada duas horas. Crianças absorvem mais o calor por possuir menos massa corporal do que os adultos e é claro que água é sempre a melhor opção.

Água de coco: Essa bebida muito fácil de encontrar em nosso país também pode ser uma boa alternativa. Com vitaminas A, B1,B2,B5, C e sais minerais, não apresenta gorduras nem colesterol e é a que mais de aproxima do H2O.

Sucos: Os de frutas naturais são ricos em fibras, minerais e vitaminas. Importante ressaltar que deve ser consumido bem fresquinho, pois algumas horas após o preparo pode perder até 30% das suas propriedades. Caso não seja possível o preparo imediato, como o suco para merenda escolar, opte por poupas ou sucos concentrados como segunda opção. Evite sucos de caixinha industrializados.

Refrigerantes: O ideal é que as crianças (e nem os adultos) consumam refrigerantes. Se seu filho já está acostumado restrinja o consumo a no máximo duas vezes por semana. Agora se a criança ainda não conhece essa bebida, não a apresente!

Chás: Podem ser de grande ajuda na diminuição de gases e cólicas intestinais, acalmam e até tratam resfriados. Prefira camomila, hortelã ou erva-cidreira.

Leite: É ótima fonte de nutrientes como cálcio, potássio, fósforo, proteínas e vitaminas essenciais para o bom funcionamento do organismo. Por todas essas qualidades ele é muito importante na dieta das crianças. Varie oferecendo quente ou frio, em iogurtes ou vitaminas.

Café: Um copo de café com leite de vez em quando aparentemente não prejudica a saúde do seu filho. O café preto não é indicado em hipótese alguma, deixando as crianças agitadas, aumentam a irritabilidade e prejudicam a qualidade do sono.

Soja: Bebidas à base de soja são uma opção saudável, mas não abuse. O excesso de soja pode comprometer a absorção de alguns nutrientes importantes.

Fonte: Dr. Marcelo Reibscheid, pediatra do Hospital São Luiz.

Fonte: BandNews

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>